Novidades

NOVAS IDEIAS EM APARATOLOGIA 13/01/2015

Herbst Classe III


 

Aparelho nunca descrito antes em nenhuma literatura, idealizado por Jose Roberto Ramos indicado para tratamento de Classe III esquelética para pacientes não colaboradores em surto de crescimento final.

O dispositivo é construído com as bielas invertidas em relação ao sistema Herbst para classe II tradicional. A base superior recebe recobrimento oclusal em resina semelhante a base de do aparelho de Mc ́Namara garantindo que maxila fique livre para o desenvolvimento no sentido póstero anterior. O sistema deve ser confeccionado em mordida construtiva em relação de topo.

 

 

 

 

 

 

Escudos labiais idênticos aos do aparelho Regulador de Função de Frankel RF-3 são confeccionados afastados da mucosa; fundamentais para eliminar a ação negativa dos lábios superiores que por sua vez impossibilita o desenvolvimento sagital póstero anterior da maxila.

 

 

Os escudos são adaptados em tubos permitindo assim a remoção diária para realizar a higienização. Os escudos podem serem afastados gradativamente da mucosa quando necessário realizando abertura nas alças posicionadas lodo a distal dos mesmos.

 

Em casos de classe III com mordida cruzada mais severa, indica-se adicionar um parafuso expansor tridimensional na região da pré-maxila a fim de promover movimentações vestibulares dos incisivos a fim de conquistar um descruzamento imediato dos incisivos favorecendo uma rapidez na ação de desenvolvimento do crescimento maxilar. Já ativação do setor transversal é viável realiza-la quando houver atresias maxilar.

 

 

 

 

 

 

Os movimentos de abertura da boca com o aparelho Herbst Classe III acontece da mesma forma como no sistema convencional de classe II; sem nenhuma dificuldade.

 

 

 

A parte inferior recebe um arco vestibular fixo que passa entre o ponto de contato entre laterais e caninos seguindo sentido lingual cervical estendendo-se até os primeiros molares permanetes. A finalidade do arco é ancorar a mandíbula enquanto a maxila se desenvolve.

O arco vestibular deve ser colado com resina por vestibular de canino a canino.

Para a montagem do sistema Herbst de Classe III é fundamental que as bielas sejam as de Williams fabricadas pela Forestadent.

Este sistema é o único que permite uma ativação alongando-se promovendo uma ação mecânica de desempenho no crescimento maxilar restringindo o crescimento mandibular.

A ativação é realizada com uma chave convencional de expansor.

 

Cada volta completa de 360o equivale a 1mm de desempenho no progresso de desenvolvimento maxilar.

 

 

Observe abaixo o desempenho da ativação comparando as imagens

 

Antes de receber ativações / Depois de algumas ativações

As ativações descarregam uma força ortopédica mecânica de mesialização maxilar inibindo o crescimento mandibular simultaneamente.

O tempo estimado de tratamento com este dispositivo pode variar de 9 a 12 meses.

Nota: Apresentamos aqui um projeto lógico de funcionamento deste novo conceito. Como este dispositivo foi pouco investigado, não existe vastas evidências que comprovam sua eficiência, ficando aberto o campo para maiores pesquisas e estudo do mesmo.